ACONSELHAMENTO PSICOLÓGICO

Aconselhamento Psicológico visa facilitar uma adequação da pessoa à situação em que se encontra, otimizando os seus recursos pessoais em termos de autoconhecimento, autoajuda e autonomia. A finalidade é promover o bem-estar psicológico e a autonomia pessoal no confronto com as dificuldades e os problemas.
As questões abordadas no Aconselhamento Psicológico referem-se à resolução de problemas, tomada de decisões, crises pessoais, melhoria das relações interpessoais, autoconhecimento e autonomia pessoal, sendo o carácter psicológico da intervenção centrada em sentimentos, pensamentos, percepções e conflitos, e na facilitação da mudança de comportamentos.

 

Aconselhar não é dar conselhos, motivar ou prescrever  condutas a serem seguidas. Trata-se, muito mais, de ajudar o paciente a compreender a si próprio e à situação em que se encontra, ajudando-o a tornar-se capaz de tomar decisões que lhe sejam benéficas (Rowland, 1992).

 

É diferente da Psicoterapia pois tem caráter situacional, está mais focado na resolução de problemas e centrado no presente

resolução de problemas e centrado no presente, com mais curta pois é mais orientado para a ação do que para a reflexão, visando mais a prevenção do que o tratamento. A tarefa essencial do Psicólogo, nesse caso, é facilitar a mudança de comportamento e ajudar a mantê-la.