O Coaching Psicoterapêutico visa a estimulação necessária para que os profissionais enfrentem as várias situações da realidade tal como elas se apresentam, assumindo as conseqüências das suas atitudes e buscando as suas soluções, tendo a si mesmos como referências e sustentando-se por suas próprias competências. Implica em revisar a própria conduta gerencial / profissional e da forma como contribui para com sua a empresa. É um suporte psicoterapêutico para o papel profissional, para o auto-gerenciamento de carreira, com um enfoque clínico-organizacional.

 

É um processo que refere-se do quanto a pessoa se responsabiliza por aquilo que deseja, “pagando o preço” de suas escolhas. Por exemplo,  se  a  pessoa perceber-se carente de aprimoramento profissional, ele buscará a solução não porque lhe disseram, mas sim porque aprendeu a perceber-se com realismo.

COACHING PSICOTERAPÊUTICO PARA DESENVOLVIMENTO DE CARREIRAS

No Coaching Psicoterapêutico, a pessoa é estimulada a confrontar as situações da vida da forma como elas verdadeiramente são, sem fantasiar, sem tirar os pés do chão”, e buscando as soluções que dependam do próprio esforço e da própria capacidade profissional e pessoal, sempre focando  que dependam do próprio esforço e capacidade, sempre focando o seu valor real para que, a partir da tomada de consciência, torne-se motivado e produtivo usando aquilo que é capaz de fazer. Favorece a compreensão e solução de problemas no trabalho e melhora o desempenho, especialmente se você estiver percebendo que as “coisas no trabalho” não estão indo tão bem quanto se esperava ou imaginava que fosse, a sua performance já não corresponde às expectativas dos chefes ou dos clientes, você tem freqüentes conflitos com as outras pessoas, o seu conhecimento técnico, antes elogiado, está distante do que poderia ser chamado de “conhecimento de ponta” e, se ao olhar-se no espelho, você levou um “choque de consciência” - de que o profissional que se imaginava ser está bem distante daquele que existe no momento presente.